Se conselho fosse bom, não se dava. Mas como achei isso uma boa filosofia de vida, resolvi compartilhar.

Esta é sua vida. Faça o que você ama e faça isso com frequência.

Se você não gosta de alguma coisa, faça algo a respeito.

Se você não está satisfeito com seu trabalho, demita-se.

Se você acha que tem pouco tempo, pare de assistir TV.

Se você ainda está procurando o amor da sua vida, pare.

Ele estará esperando por você quando você começar a fazer as coisas que ama.

Pare de ser muito crítico consigo mesmo, seja mais espontâneo.

Quando você comer, saboreie cada mordida.

Abra sua mente, seus braços e seu coração para novas pessoas e experiências, são justamente as diferenças que nos unem.

Pergunte à primeira pessoa que encontrar, quais são suas paixões, e compartilhe suas inspirações com ela.

Viaje frequentemente, é se perdendo que a gente se encontra.

Algumas oportunidades aparecem apenas uma vez, agarre-as.

A vida tem sentido através das pessoas que você conhece, e das coisas que você vivencia com elas, então saia um pouco mais e comece a viver.

A vida é curta.

Viva seus sonhos e compartilhe suas paixões.

 

Esse texto é um bom ponto de partida para começarmos a nos questionar um pouco mais, afinal, somos nós que damos sentido para a nossa própria vida – apesar de frequentemente nos esquecermos disso.

Compartilhe: